Como montar o equipamento

 10 MANDAMENTOS PRA MONTAR BEM O SEU EQUIPO:


NÃO TEM AQUELE DITADO "QUEM SABE LER, SABE COZINHAR"? WINDSURF É A MESMA COISA...

1 - ANTES DE MAIS NADA, TODA VELA TEM SUAS MEDIDAS (LUFF = TESTA, OU SEJA, É A DISTÂNCIA DO TOP À BASE DA VELA; BOOM = RETRANCA, OU SEJA, É A DISTÂNCIA DO MASTRO AO OLHAL DA ESTEIRA DA VELA) ESCRITAS EM ALGUM LUGAR PRA QUE, ANTES DE MONTÁ-LA, VOCÊ JÁ TENHA NOÇÃO DO QUANTO VAI TER ABRIR A RETRANCA E DO QUANTO VAI TER QUE ALONGAR O MASTRO (CASO NECESSÁRIO), REGULANDO ISSO ATRAVÉS DA EXTENSÃO.

 

 medidas ficam na própria vela ou na capa

 

NO EXEMPLO ACIMA, SE O SEU MASTRO FOR O INDICADO PRA ESSA VELA, OU SEJA, SE ELE TIVER 4.60m, VOCÊ VAI TER QUE AUMENTAR SEU MASTRO EM 24cm ATRAVÉS DA EXTENSÃO.

MESMA COISA COM A RETRANCA: SE SUA RETRANCA TEM POR EXEMPLO 1,80m DE CORPO (PARTE FIXA), VOCÊ VAI TER QUE ALONGÁ-LA EM 40cm, SACOU? E POR AÍ VAI...

AO COMPRAR O MASTRO E A RETRANCA, VEJA PRIMEIRO O QUE A SUA VELA PEDE, PRA EVITAR PROBLEMAS FUTUROS.

 

2 - COM ESSES DADOS NA CABEÇA, AGORA É MOLE. ENFIAR A VELA NO MASTRO É A PARTE MAIS CHATA MAS É TRANQUILO. CASO A VELA TENHA CAMBERS, AÍ REQUER UMA MONTAGEM MAIS ESPECÍFICA DE ACORDO COM O MANUAL DE CADA UMA, POIS ALGUMAS VOCÊ MONTA PASSANDO O MASTRO POR DENTRO DOS CAMBERS E OUTRAS NÃO. NAS VELAS SEM CAMBERS É MAIS FÁCIL AINDA, É SÓ VESTIR A MANGA DA VELA NO MASTRO ATÉ O FIM E, EM QUALQUER VELA, SEMPRE VERIFIQUE SE O TOP DO MASTRO ENCAIXOU DIREITINHO NO PLUG DO TOP DA VELA.

 detalhe do top já encaixado no plug

 

ANTES DISSO, CONFIRA NO MASTRO, CASO ELE SEJA "2 PIECES" (99% DOS MASTROS TEM 2 PARTES), SE ESTÁ TOTALMENTE ENCAIXADA UMA PARTE NA OUTRA, NÃO PODE TER FOLGA NESSA EMENDA, SENÃO QUEBRA. A VELA POR ENQUANTO ESTARÁ TODA ENRUGADA.

 

 vela enfiada no mastro, bem enrugada

 

3 - COLOQUE A EXTENSÃO NA BASE DO MASTRO E CAÇE A VELA NÃO TOTALMENTE, PRA QUE FIQUE MAIS FÁCIL PRENDER A RETRANCA NO MASTRO DEPOIS. A VELA AINDA ESTARÁ MEIO ENRUGADA NO SENTIDO DO MASTRO. AO PASSAR O CABO NO OLHAL (OU ROLDANAS) DA VELA E NAS ROLDANAS DA EXTENSÃO, CUIDADO PRA NÃO CRUZAR UM PELO OUTRO NAS PASSADAS, SENÃO VAI FICAR TUDO AGARRADO. POR FIM, PRENDA A PONTA DO CABO NO MORDEDOR DA EXTENSÃO.

 cuidado pra não cruzar os cabos

 

4 - COLOCAR A RETRANCA NO MASTRO É MOLE TAMBÉM: ABRA O ENGATE E REPARE QUE ELE TEM QUE ABRAÇAR O MASTRO, SENDO QUE O CABO QUE DÁ APERTO NO ENGATE TEM QUE DAR A VOLTA POR TRÁS DO MASTRO E PRENDER DIREITINHO NO OUTRO LADO DA PONTEIRA. TEM QUE DAR PRESSÃO NESTE CABO, SENÃO A RETRANCA FICA BAMBA E DEPOIS VELEJANDO ELA PODE DESCER.

ALGUNS MASTROS HOJE SÃO MUITO LISOS E UMA GAMBIARRA SEMPRE É BEM VINDA: FORRE O MASTRO COM UM PEDAÇO DE CÂMARA DE AR OU COISA PARECIDA EMBAIXO DO ENGATE PRA RETRANCA NÃO DESCER.

 

 fechando o engate da retranca no mastro 

 

5 – AGORA CAÇE A VELA NA PONTEIRA TRASEIRA DA RETRANCA ATÉ O FIM, PASSANDO O CABO 2 VEZES PELO OLHAL DA VELA SEM CURZAR OS CABOS, ATÉ ELA ENCOSTAR NA PONTEIRA E PRENDA O CABO NO MORDEDOR. A VELA AGORA JÁ ESTÁ CAÇADA NA RETRANCA, MAS AINDA ENRUGADA NO SENTIDO DO MASTRO.

 de novo, não cruze os cabos

 

6 - AGORA SENTE NO CHÃO E, USANDO SEU PÉ COMO APOIO OU UM "EASY RIG" ("CAÇADOR"), CAÇE A VELA NA EXTENSÃO DO MASTRO ATÉ O FIM, OU SEJA, ATÉ ELA ENCOSTAR NO MORDEDOR DA EXTENSÃO E, NO FINAL, PRENDA O CABO NESTE MORDEDOR.
A VELA AGORA DEVE ESTAR TOTALMENTE ESTICADA, SEM RUGAS AO LONGO DO MASTRO. RUGAS NA VALUMA (BORDO DE FUGA, OPOSTO À TESTA) TUDO BEM, É CARACTERÍSTICA DE CADA VELA, ALGUMAS ENRUGAM MUITO À MEDIDA QUE CAÇAMOS A TESTA, OUTRAS NÃO.
DEPENDENDO DA VELA VOCÊ VAI CAÇAR UM POUCO MAIS OU UM POUCO MENOS, SEMPRE SEGUINDO O MANUAL.

TEORICAMENTE, QUANTO MAIS VENTO, MAIS VOCÊ CAÇA, TANTO NA TESTA (EXTENSÃO DE MASTRO) QUANTO NA ESTEIRA (RETRANCA).

 

 caçando com o apoio do pé

 

 usando o caçador: pra que fazer força?

 

7 - AGORA É SÓ VERIFICAR A ALTURA DA RETRANCA EM RELAÇÃO AO SEU CORPO: BOTE O RIG EM PÉ E VEJA A ALTURA QUE A RETRANCA FICOU, TEM QUE ESTAR DO PEITO PRA CIMA. QUANTO MAIS ALTA, MENOS FORÇA VOCÊ FAZ.

 

 vela grande, retranca mais alta

 

8 - ENROSQUE O PÉ DE MASTRO NA PORQUINHA QUE VAI DENTRO DO TRILHO DA PRANCHA E APERTE BEM. NA DÚVIDA DEIXE-O MAIS OU MENOS NO MEIO DESSE TRILHO.
TEORICAMENTE, QUANTO MAIS PARA TRÁS O PÉ DE MASTRO, MAIS VELOCIDADE E MENOS CONTROLE DA PRANCHA VOCÊ TERÁ E VICE-VERSA.

 

 pés de mastro enroscados

 

9 - COLOCANDO O PUXÃO: ACIMA DA RETRANCA, PASSE A ALÇA SEM ELÁSTICO (PARTE DE CIMA DO PUXÃO) AO REDOR DO MASTRO E DESÇA-O POR DENTRO DA RETRANCA ATÉ A EXTENSÃO, ONDE VOCÊ IRÁ PRENDER A OUTRA EXTREMIDADE (ALÇA ELÁSTICA). ISSO EVITA QUE O PUXÃO ABRA ACIDENTALMENTE O ENGATE  DA RETRANCA DURANTE O VELEJO.

UMA OUTRA MANEIRA SERIA PRENDER O PUXÃO DIRETO NA PONTEIRA DA RETRANCA, CASO ELA TENHA UM LOCAL PARA ISSO E DEPOIS É A MESMA COISA, PRENDA O ELÁSTICO (PARTE DE BAIXO DO PUXÃO) NA EXTENSÃO DO MASTRO. ESTE ÚLTIMO MODO TAMBÉM DEIXA O PUXÃO MAIS LONGO.

 

 assim pode abrir o engate sem querer

 

 

 

10 - ACABOU!! AGORA CONECTE O RIG NA PRANCHA, OU SEJA, CONECTE A EXTENSÃO DO MASTRO NO PÉ DE MASTRO, SEMPRE CUIDANDO PRA QUE SUAS COISAS NÃO SAIAM VOANDO, O VENTO DEVE ENTRAR COMO NA FIGURA:

 

 quilha pra baixo também é mais seguro

 

FINALMENTE TÁ TUDO PRONTO. AGORA DÊ UMA CHECADA GERAL NO EQUIPO PRA VER SE NÃO TEM NADA MEIO SUSPEITO DE BICHAR, TIPO PÉ DE MASTRO, CABOS, KIT DE TRAPÉZIO, QUILHA, CONFIRA SE AS TALAS ESTÃO CAÇADAS PRA NÃO FICAR NENHUMA RUGA, ETC.

E NÃO ESQUEÇA DE FECHAR O BUJÃO DA PRANCHA!

 

AGORA LEVE TUDO PRA ÁGUA CARREGANDO O EQUIPO SEMPRE DA MANEIRA MAIS INTELIGENTE, DEIXE O VENTO FAZER FORÇA PRA VOCÊ! ELE EQUILIBRA A VELA PASSANDO POR CIMA E POR BAIXO.

 

 carregando o equipo

 

 outra maneira, um pouco mais difícil

 

CUIDADO COM ONDAS TRAIÇOEIRAS AO ENTRAR, LIVRE PRINCIPALMENTE A QUILHA E O MASTRO, A VELA COSTUMA “COLAR” NA ÁGUA:

 

 atenção nessa hora, vacilou é prejú certo

 

AGORA É DESLIGAR O CELULAR E...

 

...DETONAR!!!

 

 

   ROMULO FINAMORE NETO – BRA110

 

Comments